"Vivo da floresta, protejo ela de todo o jeito, por isso vivo com a bala na cabeça a qualquer hora, porque vou para cima, eu denuncio. Quando vejo uma árvore em cima do caminhão indo para uma serraria me dá uma dor. É como o cortejo fúnebre levando o ente mais querido que você tem, porque isso é vida para mim que vivo na floresta e para vocês também que vivem nos centros urbanos."

Zé Claudio, assassinado em maio de 2011.



sexta-feira, 29 de junho de 2012

"Amar o próximo é crime agora?"

A frase acima foi dita por Kaká Ferreira, presidente da ong Anjos da Noite, após  declaração feita pela Secretaria Municipal de Segurança Urbana, informando que a partir de agora, oferecer e /ou destribuir sopa nos bairros do centro de São Paulo aos moradores de rua pode virar crime.



A ong Anjos da Noite realiza esse trabalho há mais de 20 anos.

Kassab é arbitrário e descompensado, mas essa iniciativa foi longe demais. 

A prefeitura alega que a iniciativa dessas pessoas, que estão simplesmente alimentando quem tem fome, suja demais as ruas de São Paulo. Também querem que esses moradores de rua, sejam encaminhados as tendas específicas oferecidas pela própria prefeitura onde eles podem sentar e comer com maior dignidade do que no meio da rua.

Não enxergo concorrência e não acredito que as ongs devam parar de auxiliar essas pessoas porque agora a prefeitura tem um serviço um pouco melhor organizado (que eu sinceramente duvido que daria conta de atender a todos os moradores de rua da cidade de São Paulo).

A maior parte dos moradores de rua não quer virar estatística de municípios e normalmente nega as oportunidades oferecidas pelo poder público. Eles têm os seus motivos. Da mesma forma nunca vi nenhuma dessas pessoas recusar a comida quente, na noite fria, trazida por trabalhadores voluntários.

Estamos acostumados a ver o Estado virar as costas para os indivíduos. E também já nos acostumamos a ver pessoas trabalharem pelo bem comum.

Que o poder público comece a se preocupar com o que está realmente errado e deixe livre quem está fazendo o bem.

Imagem do Rio Titê - há décadas necessitando de iniciativas públicas -


E que bom seria se todo o lixo da imunda metrópole paulistana se resumisse as garrafas plásticas utilizadas para distribuir sopa na madrugada!



Notícia divulgada pelo Jornal da Tarde, clique aqui.

4 comentários:

.bárbara disse...

ahhh pelo amor de Deus viu! É cada uma!

Claro que se quisessem construir um refeitório a céu aberto não seria má idéia. E até os próprios "distribuidores da sopa" podem orientar as pessoas a descartarem o recipiente no lixo.

Me poupe! Como você mesma disse mariana, se toda essa sujeira nas ruas e poluição fosse causada por isso...pelo amor de Deus!

Mariana MT disse...

seria até bom, né? Se todo nosso lixo estivesse ligado a obras assistenciais...enfim, esse mundo ainda está distante!

Jaqueline disse...

Amei seu blog! Beleza pura!

Mariana MT disse...

Obrigada Jaqueline. Volte sempre!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...