"Vivo da floresta, protejo ela de todo o jeito, por isso vivo com a bala na cabeça a qualquer hora, porque vou para cima, eu denuncio. Quando vejo uma árvore em cima do caminhão indo para uma serraria me dá uma dor. É como o cortejo fúnebre levando o ente mais querido que você tem, porque isso é vida para mim que vivo na floresta e para vocês também que vivem nos centros urbanos."

Zé Claudio, assassinado em maio de 2011.



sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Estranhos Ambientalistas

Para a massa, os agropecuaristas, os grandes industriais do petróleo, do setor automobilístico, os mineradores, os madereiros, os cientistas nas pesquisas, os carnívoros fervorosos, as peruas de casaco de pele, os urbanóides convictos, os alienados e ignorantes em geral, nós, ambientalistas, não passamos de sonhadores utópicos, hippies sem noção de econômia, gente que não tem com o que perder seu tempo e por isso se dedica a pequenas e insignificantes causas. Somos vistos como os estranhos do planeta.

Quando estranho para mim não é proteger animais selvagens, mas sim, ter como sonho de consumo uma bolsa de couro de crocodilo australiano, cujo preço ultrapassa os U$$ 150,000.00.

Quando estranho para mim, não é salvar tartarugas com uma verba, exatamente, destinada a isso e sim homens engravatados escondendo dinheiro em cuecas ou depositando milhões em contas estrangeiras, que ninguém nunca vai tocar ou usufruir.

Estranho para mim não é se importar com a extinção da arara azul, mas sim engaiolar pássaros para que eles cantem apenas para você. Não é apoiar leis que diminuam os impactos ambientais gerados, a crueldade com animais em circos ou centros de pesquisa, mas sim criar e aprovar leis que beneficiam muito, alguns poucos e ainda assim, ver o resto do país inteiro calado, esperando para levar o próximo tapa na cara.

 Estranho para mim não é querer viabilizar a utilização de energias limpas, renováveis que garantiriam, inclusive, autonomia e independência, mas sim apoiar e acreditar num projeto bilionário que escava rochas a mais de 5000 m da superfície do mar, na captura do velho (e bom?) ouro negro.

Estranho para mim não é salvar baleias, mas sim buscar em tratamentos e cosméticos de todos os tipos uma maneira de jamais envelhecer. Estranho para mim não é pensar nos outros, na vida, no planeta, mas sim viver focado no próprio umbigo, por décadas e mais décadas.

Não é estranho para mim acreditar que cada vida tem seu valor e deve ser respeitada. Mas é estranhíssimo para mim compactuar com uma sociedade que sentenciou ao inferno os animais e toda a natureza por acreditar que o homem é a espécie superior e soberana, sem entender que sozinhos no mundo, nem teríamos sobrevivido aos tempos das cavernas...

3 comentários:

Minaaa disse...

É de dez/09???
Parece de hj, ontem, vai ser de sempre.
Estranhos no ninho...
Eu uso uma frase que ouvi, já não me lembro de quem... às vezes tenho vergonha de dizer que sou "humana", se ser humano é ser isso. Girar em torno do seu umbigo, torcer para sua fortuna crescer, mesmo sem fazer nada, só colocando ações na bolsa de valores, e verem valores se multiplicarem a cada dia...
Preocupação com o meio ambiente? Pra que? Vamos estar mortos daqui a alguns anos não é mesmo? Por que tanta preocupação com programas nucleares. "deixe que digam que peisem que falem" e que façam! A essas alturam, se não pensarmos no equilíbrio dos ecossistemas e no reflexo que isso tem nas nossas vidas (olha o que aconteceu com praias de Floripa em 2 meses!!!), umas Hiroshimas seriam a salvação... Ou o senhor lá de cima, como vi no twitter hj, que puxe a descarga logo!
E a gente ainda tem que ouvir desaforos e ameaças... Eco-chatos, burguesisnhos, playboyzinhos, desocupados, radicais, massa de manobra, inocentes úteis, blablabla... Os reacionários que falam isso, não me digno a "classificá-los".
Mas, como sou uma otimista, uso uma frase da Legião Urbana: FORÇA SEMPRE!

Renato Ribeiro disse...

esta menina me faz acreditar mais nas pessoas, ter esperança, sabe como é?!

Mariana M. Thomé disse...

Minaa - fico feliz que vc também tenha se ientificado com a mnha reflexão. Adorei seu cometário...espero que possa sempre desabafar por aqui!

Renato - saiba que tenho a mesma impressão sobre vc!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...