"Vivo da floresta, protejo ela de todo o jeito, por isso vivo com a bala na cabeça a qualquer hora, porque vou para cima, eu denuncio. Quando vejo uma árvore em cima do caminhão indo para uma serraria me dá uma dor. É como o cortejo fúnebre levando o ente mais querido que você tem, porque isso é vida para mim que vivo na floresta e para vocês também que vivem nos centros urbanos."

Zé Claudio, assassinado em maio de 2011.



terça-feira, 24 de agosto de 2010

Brigadistas: anjos da natureza!

No domingo passado, o Fantástico exibiu uma matéria sobre os incêndios que estão ocorrendo no Brasil. A reportagem menciona o arco de fogo, o Tocantins, Marcelândia, um pouco de tudo o que vimos incansavelmente nestes dias. Um fogo que não pára de queimar, um fogo que já destruiu desde casas e estabelecimentos comerciais, até e principalmente grandes reservas. Devastando o habitat de inúmeros animais, tornando o ar seco e a qualidade de vida indigna.


E no meio de tanta tragédia, num cenário desumano, para homens e animais, existem os brigadistas: seres-humanos que se dedicam a apagar todo esse fogo, normalmente e evidentemente provacado pelo homem,  pecuaristas interessados em transformar o planeta num grandioso e rentável pasto, para que possam ganhar cada vez mais dinheiro e acumular fortunas que apenas eles vão torrar, em atividades e supérfulos tão inúteis quanto suas próprias existências.

Enquanto isso homens e mulheres de distintas origens chegam a trabalhar árduas 12 horas por dia, para apagar o fogo, para interromper este inferno que prejudica todo mundo!

Eles são incansáveis e nem sempre reconhecidos, porque nossa sociedade valoriza duvidosos personagens, qualifica quem usa terno e sapato de couro, remunera bem que nem sempre desempenha um bom trabalho, valoriza status e descarta o verdadeiro valor.

E eu neste meu humilde blog, escrito pela maria ninguém que sou, presto minha homenagem a essas pessoas que de fato trabalham, com força, coragem e vontade, que alteram cenários, que salvam animais, sim! E para mim isso muito importa!

Obrigada a vocês, brigadistas! Desejo-lhes o melhor, uma recompensa que lhes esteja a altura!
E tenho certeza, o Planeta lhes será grato, eternamente.

E se há os bandidos espalhados e vestidos com todos os tipos de uniformes...há também os bons moços, sem o arquétipo de telenovelas, sem a mesmisse da vida que não gera: seres-humanos de carne, osso e alma valiosa.

Obrigada, mais uma vez!

2 comentários:

Beth Mello disse...

Paabéns pelo Post.

Também os Admiro pelo trabalho e Garra para ajudar nossa querida GAIA!

Abraços Fraternos.

JAFA disse...

É animador ver pessoas como essas em dedicaçnao ostensiva contra todas as péssimas condiçnoes e estrutura pífia de que dispoem para trabalhar. Lembro-me das cenas de extrema solidariedade que vi dos brigadistas nos incêndios que devastaram reservas na Austrália no último verão. Com uma diferença - lá, esses profissionais são valorizados e têm como lutar contra o fogo - claro que em desvantagem, pois não há como acompanhar a ignorância e a covardia humanas que fazem com que monstros incendeiem florestas por diversão ou simples maldade, mas os brigadistas tem como tentar correr atrás.

Aqui, ao contrário, não tem verba, recursos humanos, equipamentos adequados, e o governo age como se fosse questão de segunda linha! Parabéns e obrigada a esses homens que não se ateem a isso - e trabalham!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...