"Vivo da floresta, protejo ela de todo o jeito, por isso vivo com a bala na cabeça a qualquer hora, porque vou para cima, eu denuncio. Quando vejo uma árvore em cima do caminhão indo para uma serraria me dá uma dor. É como o cortejo fúnebre levando o ente mais querido que você tem, porque isso é vida para mim que vivo na floresta e para vocês também que vivem nos centros urbanos."

Zé Claudio, assassinado em maio de 2011.



segunda-feira, 4 de outubro de 2010

E por aqui a onda continua verde...



Bom...a Marina Silva não conseguiu chegar ao segundo turno e agora temos que recolher os cacos do chão e voltar para o começo. O que não quer dizer que devamos ou precisamos apoiar um dos dois lados que chegaram a final da presidência - candidatos que descartamos no primeiro turno, porque não queremos ver no poder - e não é porquê a Marina Silva saiu da jogada que temos que escolher o menos pior ou o que ofenda menos nossos ideais e princípios de vida.

A oposição tenta nos tratar (aos eleitores de Marina) como uma elite querendo bancar a intelectual, como burgueses sem definições políticas claras, que como sempre oscilaram entre as supostas direita e esquerda, vêem na Marina Silva uma tábua de salvação.

Pouco me importa, o que pensam de nós, pessoas que classificam a Marina de traidora, mas votam numa mulher, segunda opção clara de um governo que queria José Dirceu como substituto de Lula, mas como ele roubou na cara larga, teve que voltar para os bastidores, que está no PT há pouco tempo, mas é tratada como militante antiga e "gente que faz" da política atual. Que ela debandou do PDT  para o PT para subir na vida, ninguém comenta.

Também já mencionei que pouco me importa, que a tida direita tente construir uma imagem de uma Dilma mulher má guerrilheira nos anos 70. Na minha visão fica claro, que os marginais daquela época eram os ditadores, não quem estava contra eles . Também não subjugo sua trajetória , nem me preocupa saber que não conseguiu administrar sua lojinha de 1,99, mas não quero um presidente que esteja focado apenas nos números, que comprove um suposto progresso com estatísticas, crescimento acelerado doa a quem doer, que coloque valores antes do ser-humano. Se querem me convecer que a Dilma será a mãe do Brasil, eu definitivamente, prefiro ser orfã.

Também querem nos rotular de direita, simplesmente porque não acreditamos na esquerda defendida pelo PT...porque todo mundo só é de esquerda até vestir seu primeiro terno italiano, a partir deste dia, não há quem resista a burguesia, e ai vale até ficar amiguinho do Sarney e do Collor. Querem também desqualificar a Marina porque ela não teve uma votação expressiva no Acre, mas a apuração no Distrito Federal deixa claro que ninguém quer o PT por lá.

Não quero um governo, onde para se aprovar um projetinho de energia solar no Nordeste, apenas UM filho da puta, exija 5 % da bolada em bilhões. Fico a me perguntar quantos milhões levaram e quantos foram os beneficiados de Belo Monte? Que os petistas defendem como salvação energética, mas na verdade só servirá pra dar uma grandiosa mãozinha  aos mineradores, que inclusive pagam taxas muito menores de energia do que eu, você e se vizinho.

Também vejo muita preocupação com a religião da Marina, que a coloca como retrógrada principalmente quando os temas são aborto e homossexualismo. Ai me pergunto o que fizeram os governos do PT e do PSDB nestes quesitos???

A esquerda quer passar uma imagem moderna, a direita defende ética (que é uma palavra que de fato nem se aplica a política) e no entanto pregam, mas fazer que é bom ninguém fez porra nenhuma. Porque assuntos polêmicos, dividem o eleitorado e não geram votos. Ilude-se quem não vota na Marina porquê acha que ela será  uma evangélica extremista e fervorosa no poder.

Aliás eu, particularmente voto nela, mas apoiarei sempre o direito de homossexuais partilharem os mesmos direitos de casarem e inclusive adotarem crianças. A questão do aborto exatamente como a das drogas não será resolvida por nenhum destes governos de sempre. A hipocrisia não nos deixa chegar em lugar algum, enquanto isso pessoas continuam se viciando todos os dias, morrrendo direta ou indiretamente em decorrência do narcotráfico e inúmeras meninas  e mulheres ceifam suas vidas e a de seus filhos diariamente em clínicas de aborto.

O PSDB não me agrada, nem nuca me agradou, já votei algumas vezes em candidatos do partido por acreditar no ser-humano, sua trajetória e realizações, mas jamais desperdicei meu voto na legenda. Ver que são apoiados pelos Democratas, me faz querer estar mais longe ainda. O democratas é o que sobrou do céu dos ditadores. Nenhuma afinidade ou ideal em comum. Não desvalorizo o desempenho do Serra na saúde, mas parou por ai. E tão importante quanto a saúde é a educação. Como não quero meus filhos em colégios do Estado enquanto o PSDB estiver no poder, ficarei bem longe destes homens sérios e engravatados que falam claramente, mas também costumam não dizer nada.

Eu me manterei longe do PT e do PSDB, independe de quem tome partido, independe da Marina ou do PV optarem pela  neutralidade, postura que defendo. Não queria o PT e o PSDB no primeiro turno, não será no segundo que vou querer.

Eu lavo as minhas mãos, que se matem nossa direita e esquerda neste segundo turno, sem  que se sujem os mais de 19 milhões de pessoas que no primeiro turno gritaram: "Não queremos nem Serra, nem Dilma, queremos a Marina".
Não sou pretenciosa, não acho que a Marina Silva lerá este meu sincero desabafo. Mas torço para que a massa eleitora de Marina Silva partilhe deste mesmo pensamento: para o segundo turno o voto é nulo!

Fico, também,  especialmente feliz, porque o Plínio de Arruda Sampaio teve singelos um milhão de votos. Mesmo com tantas piadinhas envolvendo sua candidatura. Nos debates, ele disse exatamente as verdades  que a Dilma e o Serra precisavam ouvir, com uma ironia tão proporcional quanto o seu carisma. Também é só o começo. Espero que os militantes do partido continuem firmes em suas propostas. A maioria que ganha é a mesma que elege Tiriricas e Romários... ser minoria não garante eleição, mas deixa claro que unanimidades são burras.

O PV não propôe uma nova forma de se fazer política? Então cumpra o seu slogan. Vamos mudar a política começando por não estabelecer alianças com quem está longe de defender nossos ideais. Vamos nos manter longe destas coligações que só servem para gerar mais comissões a serem pagas para mais marginais que não criam projetos de lei e passam quatro anos mamando o nosso dinheiro.

Sejamos firmes!
E se vocês não forem, eu serei!
Não ao PT, não ao PSDB!
Daqui quatro anos a gente conversa...

E para quem não gostou: será um prazer moderar os comentários desta postagem!

2 comentários:

Jurubeba disse...

Mariana,

Foi justamente isso que falei com meu marido, Parabéns!

Claro que os 19 milhões de eleitores não votarão nulo. Eu mesma estou num dilema gigantesco, porque não gosto de anular o voto, só que a escolha está muito difícil.

Parabéns pelo texto!
Comentei que essa disputa pelos eleitores da Marina não fazia sentido, pois os eleitores dela são pessoas coerentes e politizadas.
E essas pessoas não queriam nem a Dilma/PT nem o Serra/PSDB como presidentes e que acredito que a maioria ainda não quer!

E mesmo que a Marina apoiasse um dos candidatos,o que ela não fez, isso não faria com que seus eleitores votassem na pessoa que ela estivesse ao lado. Pois são pessoas de opinião formada, e acho que ela sabe disso, por isso tomou a decisão mais correta.

Já o PV - sem comentários...
Gostei do Plínio ter tido quase 1 milhão de votos, mas esperava que fosse mais, pois me deu vergonha ver o Tiririca com 1,3 milhões de votos!

Sabe o que me deixa feliz? Saber que existem pessoas, como você, que não se acomodarão nesses 4 anos de governo.

Mariana MT disse...

Jurubeba - É verdade o Plínio com 1 milhão de votos e o Tirirca com mais que isso, votos que inclusive podem nem ter validade, porque se nossa política é desastrosa o judiciário consegue ser pior.

O mais ridículo desta disputa pelos votos dos eleitores de Marina Silva é a descaracterização das campanhas dos dois candidatos, que mudaram completamente seus rumos afim de abranger mais votos.

Se seus fiéis eleitores percebessem que eles rumam conforme o vento que os leva, toda essa alteração de propostas deveria faze-los perder os votos qu já tinham.

Seria como se a Marina silva fosse para o segudo turno e começasse a defender as alterações do código florestal para conseguir mais votos. Vc votaria nela? Eu não!

Quem elegeremos para presidente do Brasil? Certamente marionetes que mudam suas opiniões para agradar...mas quando chegarem no poder vão fazer o quê? O que falam no primeiro u o que falam no segundo turno?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...