"Vivo da floresta, protejo ela de todo o jeito, por isso vivo com a bala na cabeça a qualquer hora, porque vou para cima, eu denuncio. Quando vejo uma árvore em cima do caminhão indo para uma serraria me dá uma dor. É como o cortejo fúnebre levando o ente mais querido que você tem, porque isso é vida para mim que vivo na floresta e para vocês também que vivem nos centros urbanos."

Zé Claudio, assassinado em maio de 2011.



sexta-feira, 19 de março de 2010

Meio Ambiente 4 X 0 Bunge/Yara Fertilizantes

Não é, nem um pouco, do meu feitio replicar notícias escritas por terceiros diretamente no blog. Sou uma dessa nerds que pesquisa várias fontes e monta a postagem com muito suor e as custas do meu português fraco. Mas essa matéria vale a cópia, até porque indicarei o site aqui e nas sugestões e a organização responsável pela conquista.

Liminar obtida pela ONG Montanha Viva mantém embargo da Bunge e Yara Fertilizantes em Anitápolis, SC

Serra do Rio dos Pinheiros

O empreendimento milionário do complexo de produção de superfosfato, uma joint-venture entre a mineradora norueguesa Yara e Bunge, continua embargado pela justiça federal de Santa Catarina. Os réus recorreram quatro vezes ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região, buscando suspender a decisão, porém a liminar foi mantida.

Após a concessão da liminar, o BNDES manifestou não saber da existência de nenhum contrato de financiamento com a Bunge ou Yara Fertilizantes.

O empreendimento tem como objetivo a mineração e a produção de ácido sulfúrico no Município de Anitápolis, SC, envolvendo considerável impacto ambiental sobre uma das mais belas áreas do Estado, berço e nascente de importantes rios da região. O complexo atingirá áreas de preservação permanente, unidades de conservação, lagunas, áreas costeiras e todos animais que nelas vivem, impactando de forma significativa em mais de vinte e um municípios catarinenses.

“A natureza está dando sinais de esgotamento. Ou fazemos algo ou sucumbiremos. O ano de 2010 recém começou e será um ano eleitoral, onde os futuros representantes, eleitos pelo voto popular, devem considerar a questão ambiental de forma urgente. É ano também de novas audiências públicas. Laguna e Tubarão merecem participar da discussão”, alerta Eduardo Lima, advogado da ONG Montanha Viva


Enfim, uma notícia que se encaixa no mundo onde queremos viver: pessoas sérias desempenhando um excelente trabalho, funcionários públicos justificando muito positivamente os seus salários e uma justiça adequada ao sistema. Consequência: não adianta ser um bilionário irresponsável e destemido, dessa vez vocês não vão comprar o mundo, começando por Santa Catarina.

A notícia está divulgada no site Instituto Justiça Ambiental, uma organização não-governamental sem fins lucrativos, formada por profissionais atuantes na área do direito ambiental e na área técnica, destinada a promover a proteção do meio ambiente. Visitem o site para saber mais sobre o trabalho deles.

A Associação Montanha Viva tem por finalidade a defesa, preservação e conservação do meio ambiente e dos recursos naturais e paisagísticos brasileiros, a recuperação de áreas degradadas e a promoção de ações sócio-ambientais que visem o desenvolvimento sustentável. Descubram os que eles têm feito e participem dessa luta também!

O debate que tratará da transparência nos licenciamentos ambientais, que acontecerá no Twitter, será dia 25/03/2010 às 20 horas. Aos interessados basta usar a tag #transparencia_licenciamento Participem e divulgem! Mais informações @MontanhaViva

A foto da postagem foi retirada do site da Associação Montanha Viva.

2 comentários:

Marcelo Amaral Fontoura disse...

Uma vergonhaaaaa, fora do Brasil bunge e yara, nenhum emprego e dinheiro pasa os recursos naturais e a beleza da serra catarinense, parabens a ONG Montanha Viva, hoje participei da palestra deles na Unisul em Tubarão e fiquei sabendo desse absurdo... nosso povo é dono desse solo então não vamos permitir isso...

Mariana M. Thomé disse...

O trabalho da Associação Montanha Viva é incrível, eu diria inspirador. Saber que existem advogados fazendo um trabalho sério em benefíco da natureza, enquanto a grande maioria prefere se dedicar a milionários que se ocupam da destruição da natureza é reconfortante. Obrigada por comentar e trazer mais informações para o blog.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...