"Vivo da floresta, protejo ela de todo o jeito, por isso vivo com a bala na cabeça a qualquer hora, porque vou para cima, eu denuncio. Quando vejo uma árvore em cima do caminhão indo para uma serraria me dá uma dor. É como o cortejo fúnebre levando o ente mais querido que você tem, porque isso é vida para mim que vivo na floresta e para vocês também que vivem nos centros urbanos."

Zé Claudio, assassinado em maio de 2011.



quinta-feira, 15 de julho de 2010

Iluminando o caminho

A participação de hoje é de Marcelo Augusto Barletta, Bacharel em Relações Internacionais, ele se define como um entusiasta na tarefa de incluir o fator ambiental no modo de vida. Por aqui ele explica melhor o que são os Leds.


Desde a criação do conceito de desenvolvimento sustentável, muito tem sido feito para conciliar as necessidades humanas e sua harmonização com o meio ambiente. O contraste é evidente entre o anacrônico modo de pensar guiado pela necessidade do homem dominar a natureza, em oposição à vanguarda do ideal da conciliação entre os fatores social, ambiental e econômico. Guiados por esta visão, muitos setores da sociedade tem construído estruturas capazes de concretizar esta utopia¹ .

Neste contexto, qual será o tipo de tecnologia que desponta hoje e continuará sendo uma boa escolha para as próximas gerações?

Os LED’s

A foto acima mostra a iluminação de natal na temporada 2008-2009 da Champs-Élysées em Paris² . Se você olhar com atenção vai perceber que as lâmpadas utilizadas nas árvores são de um brilho azulado intenso. Este efeito foi alcançado, pois se utilizaram lâmpadas LED (que é a sigla em inglês para diodo emissor de luz). Além de ser a última palavra em tecnologia de TV’s, o LED também é a promessa de futuro na iluminação geral.

Dentre várias características revolucionárias, vamos nos concentrar em duas. Primeiro, a grande durabilidade³ , com vida útil média de 50.000 horas! Isso dá um pouco mais de 10 anos com a luz ligada por todas as noites ininterruptamente. Imagine com um uso racional, desligando quando não utilizada. Você teria que trocar a lâmpada do seu quarto umas cinco, seis vezes na vida... Em segundo lugar, esta tecnologia funciona com um baixíssimo consumo de energia. Economiza cerca de 80% de energia em relação às lâmpadas incandescentes e 30% em relação às fluorescentes.

Essas duas características sozinhas já nos dão uma idéia do potencial econômico desta tecnologia. Apesar de ainda ser vendida a um preço muito alto para o consumidor doméstico (mais de R$100,00 por lâmpada), sua relação de custo-benefício evidentemente excelente, aliada a ausência de substâncias tóxicas, mais a esperada redução de custos com a produção em larga escala, nos levam a conclusão: o futuro dos LED’s é muito promissor.


Uma escolha deliberada do poder público por este tipo de iluminação pode ser o principal catalisador de mudanças. Manter a iluminação pública funcionando corretamente é uma tarefa que demanda muitos recursos. Se você mora no estado de São Paulo pode conferir na conta de luz uma taxa de R$ 3,98 para a iluminação pública. Os benefícios seriam tanto na redução do consumo de energia quanto na economia com manutenção.

Outra conseqüência social desta escolha é que poderemos iluminar mais com menor quantidade de energia. É um fator importante, principalmente para as áreas mais pobres que são privadas de aparelhos públicos eficientes, como além da iluminação pública o saneamento básico, por exemplo. Num mundo que encara o desafio da economia de baixo-carbono, ao mesmo tempo em que a demanda energética cresce, toda a tecnologia capaz de ajudar a fechar esta conta abre os horizontes para que o nosso desenvolvimento não seja apenas ambientalmente sustentável, como também socialmente includente.

Descobrir soluções técnicas deste tipo, que além dos benefícios ambientais tem grande potencial econômico, é um passo importante na tarefa de introduzir o meio ambiente no dia a dia das pessoas. Um mundo no qual as comodidades da vida moderna (como ter luz abundante por toda a noite) em conjunto com o respeito à natureza é possível. Para cumprir com a tarefa de iluminar o caminho até este fim, os faróis para iluminar o trajeto será feito de lâmpadas LED.


1-Utopia aqui no sentido que lhe confere o professor José Eli da Veiga: “a visão de futuro sobre a qual uma civilização cria seus projetos, fundamentando seus objetivos ideais e suas esperanças”. Confira no link: http://www.zeeli.pro.br/Textos/ArtigosCientificos/2005_ciencia_e_cultura.pdf


Mais um contato do twitter que veio para acrescentar nesse blog. Marcelo agradeço por aceitar meu convite, escrevendo por aqui!

3 comentários:

JAFA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
JAFA disse...

Mari.... demorou pra caramba, mas consegui o caminho ds pedras para a petition on line. Amanhã estará no ar. Vc quer que altere o texto ou posso mandar aquele do abaixo assinado pro MP? Bjn...

Mariana M. Thomé disse...

A seu critério, Jana. Muitissimo obrigada!bjo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...